Recortes

Eu não me envergonho de corrigir os meus erros e mudar as opiniões, porque não me envergonho de raciocinar e aprender. Alexandre Herculano

quarta-feira, 28 de janeiro de 2009


O caminho que parecia tão simples torna-se facilmente no mais sinuoso e difícil de ultrapassar.
E pensar que o castelo está alí tão perto...

5 comentários:

Shin_Tau disse...

Lindo texto, suficientemente profundo para mostrares a tua alma e ao mesmo tempo enigmático para cada um tirar as suas conclusões. Sempre a eterna filosófica e romântica :)*

A mim o Caminho parece-me bem rectilíneo, se olhares para os lados é que verás que há outras hipóteses de caminho, se duvidares da tua fé (em ti e no teu caminho) escolherás trilhar o caminho do lado e aí sim ele pode tornar-se difícil e sinuoso, mas às vezes mais belo! Toda a vida é feita de escolhas, para mim, enquanto elas forem feitas em consciência serão sempre bem feitas. Se por vias e caminhos diferentes constactar que errei, que não fiz a melhor escolha, terei o coração e a mente serenos pois saberei que foram feitas por mim e da melhor forma que fui capaz na altura. É importante perdoarmos os outros, mas acima de tudo a nós!

O castelo está sempre perto!!!

Beijos enormes e estou a adorar os teus momentos.

Marise Catrine disse...

Querida Shin,
Quem me conhece, conhece ;)
O teu feedback tem sido muito importante (e tem surgido em boa altura).
Beijocas

Hugo disse...

Diz que estive nesse mesmo jardim, no mês de Dezembro. Percorri o castelo duas vezes, durante a noite e durante o dia, ambas no meio do nevoeiro. :o)

Marise Catrine disse...

Ahhhh, então sabes que é um local inspirador. Deves ter fotos mil vezes superiores.

ana disse...

Por vezes o caminho a direito, ainda que pareça, nem sempre é o mais fácil. Se calhar porque os obstáculos, os contornos, o tentar outra vez, fazem com que o alcançar do castelo tenha um sabor mais especial.