Recortes

Eu não me envergonho de corrigir os meus erros e mudar as opiniões, porque não me envergonho de raciocinar e aprender. Alexandre Herculano

sábado, 16 de janeiro de 2010

À chuva


Hoje apetecia-me libertar esta criança, saltar para o meio da rua e rodopiar à chuva. Não importa se estou de vestido, se uso saltos altos e se tenho ar de louca. Tudo o que importa é esta chuva a chamar por mim, a pedir-me que seja livre e que fique ensopada até tremer de frio.
Queria fazê-lo ao som daquela música, de olhos fechados, sem preocupações nem medos... tal e qual a cena de um filme, num misto de mim própria e de Gene Kelly, a transbordar de felicidade.
Apetecia-me mas não o faço...
...não hoje.
Deixo para outro dia... quando tiver aquela casa de campo.
Decido adiar mas não por vergonha, simplesmente porque não quero assistência nem interrupções. Quero que seja um momento só meu, apenas rodeada de árvores... Aí sim, ficarei livre, escorrida de pensamentos, limpa até à alma e feliz.

4 comentários:

Shin Tau disse...

Que pena, eu gostava de ver e quem sabe poder partilhá-lo contigo!

Quem sabe hoje ou amanhã o faças e venhas a descobrir que afinal havia muitos a desejar o mesmo que tu, mas cada um a adiar até ter aquele momento...

Olha num altura em que esse tipo de iniciativas está cada vez mais aceite em Portugal, acho que podias tentar!!!

-_- beijocas

Essencialma disse...

Que momentos esses de contacto com a natureza...de liberdade...que esse momento chegue rapido...para que possas usufrir de tal momento mágico e de contacto com tudo o que te rodeia.

beijinhos borboleta, e olha, sim a minha companhia está aqui para ti

Marise Catrine disse...

Shin Tau,

Bem a tua companhia seria uma benção. Quem sabe um dia conseguimos esta proeza?
:)
Beijos Grandes


Essencialma,

É como dizes, "Liberdade". É um desejo de ser livre e de gozar esse sentimento em pleno. Mas é também a vontade de me limpar de situações menos alegres.
Obrigada pela tua doce companhia.

Beijos grandes

Lu Saharov disse...

Olá, Marise! Encontrei seu blog, navegando pela Net, e gostei muito. Também sou apreciadora da poesia,da música da literatura portuguesas, bem como de seus vinhos fantásticos e sua culinária! Quem sabe nasça aqui, uma amizade duradoura.Tenho um blog onde coloco minhas crônicas, poemas e fotos e ficarei feliz com sua visita: http://ludmilasaharovsky.blogspot.com
Abraços brasileiros d'alem mar!