Recortes

Eu não me envergonho de corrigir os meus erros e mudar as opiniões, porque não me envergonho de raciocinar e aprender. Alexandre Herculano

quarta-feira, 14 de outubro de 2009

Momento dos Gatos II

Quando o meu Guerreiro está ausente, estes são os meus fiéis companheiros (assim uma espécie de mini-Guerreiros).Já aqui falei sobre eles mas não me canso de os elogiar.
Pouca justiça se faz a estes maravilhosos seres. São excelentes companhias, fieis, inteligentes e carinhosos, sem perder a independência e misticismo que os caracteriza.
O Kenzo e o Suki, esperam por nós à porta, seguem-nos pela casa, dormitam na divisão onde estivermos, procuram mimos, respeitam o lugar do Guerreiro (isto é, quando ele está percebem que a Marise não precisa de tantos mimos). Assistem às alegrias, às tristezas, às danças, aos rituais, às brincadeiras, ao romance (não fiquem com ideias, essas outras coisas são em privado), com aquele ar de entendimento de tudo o que os rodeia.
Não somos os donos deles, somos os seus companheiros nesta viagem. O Kenzo foi escolhido por mim, o Suki escolheu o Guerreiro (nada acontece por acaso).
À parte de algumas traquinices e de ter mais trabalho quando chego a casa, não me separaria deles por nada. Já vivemos muitos momentos juntos e ainda tempos alguns recortes a acrescentar. Tal como nós, eles estão cá por algum motivo.

11 comentários:

HAZEL disse...

Ahhhhhhhhh que giiiiiros!!
São ainda mais giros do que imaginei!!
Parecem bonecos!!
Nós também temos a nossa paixão pelo Riscas, que ainda temos há pouco tempo.
Dorme sempre na nossa cama, o maroto. De manhã, lambe-me os dedos e cheira-me a cara, fazendo-me cócegas com os bigodes.
É muito querido.
Só à tarde é que fica mais endiabrado, e dá umas valentes dentadas, mas isso é culpa do L., que se farta de chateá-lo.
São ciúmes de filho único. Quando o L. está em casa, não posso elogiar o Riscas, senão é um caso sério.
O maroto do Riscas também já nos fez passar um mau bocado, pois imagina só que embirrou em fazer chichi logo na cama do L.. Depois de trocar e voltar a trocar os lençóis mais de uma dezena de vezes, lá comprei um repelente para gatos, que pulverizei na cama durante alguns dias. Remédio santo!

Fora as dentadas, o Riscas porta-se muito bem, e adooora vir para o meu colo. Quando escrevo os meus posts, tenho-o sempre aqui a ronronar em cima das minhas pernas.
Sabe tão bem!

É um grande companheiro.

HAZEL disse...

Agora é que reparei: escreveste "Impossível mas Adorável" no teu perfil"!

Kakakakaka Gostei!!!!!!

Essencialma disse...

Que fofos são esses teus companheiros...adorei os nomes, originais, bonitos.
E parece aquelas pessoas que encontramos no nosso caminho, tão diferentes, mas tão iguais.

Beijinhos grandes

Fada Moranga disse...

Menina Marise, que ricos gatinhos! São parecidos com um gato meu amigo, o Pomponzinho. :-))
Bem hajas e um grande beijo*deFada

Marise Catrine disse...

Hazel,

Adorei o "Ahhhhhh" :))
Pois é, já vi o Riscas no teu colinho, uma foto adorável. Faz-me ter saudades de quando os meus eram assim tão pequeninos. Foi muito carinhoso da tua parte recebê-lo em tua casa... mas já estava previsto esse encontro ;) São sem dúvida uma boa companhia. Quanto ao chichi, vais ver que se habitua rápido a fazer na caixinha das necessidades. Coragem!
Curioso que os nossos também ficam mais agitados à tarde. Kenzo e Suki são influências Japónicas (coisas do meu Guerreiro que adora o Japão).

Ahhh ainda não tinhas visto que sou Impossível mas Adorável?! Pois é. Da fama não me livro. Fama de ser impertinente e levada da breca mas no fundo... um coração mole.

Mil beijocas bruxinha linda!

Marise Catrine disse...

Essencialma,
Não são uma fofura? E que meigos...
Quanto aos nomes, já expliquei a origem no comentário à Hazel. E o mais engraçado é que eles entenderam que estes eram os seus nomes num instantinho.
Beijos Borboleta amiga


Fadinha,

E não se arranja uma foto do Pomponzinho?
hihihi Gostei do nome ;)
Beijocas grandes

Adelaide Figueiredo disse...

Marise,

Maravilhosos bichanos! São mesmo uns companheiros adoráveis.

costela de adão disse...

Tenho que conhecer essas belezas. Beijos

Diane * disse...

Gatos são seres fascinantes!Dorothy e Brida fazem parte da minha vida, são minhas filhinhas!

Isa Grou disse...

Olá Marise!

Mas que... como você mesma disse "mini-guerreiros" mais lindos!!!!!!!!!

Beijos.

Marise Catrine disse...

D. Costela,
Já era tempo não?
*

Diane,
São mesmo e só quando possuímos algum é que entendemos essa verdadeira magia.
*

Isa Grou,
Obrigada. São uma perdição (e uma trabalheira extra hihihihihi).
**