Recortes

Eu não me envergonho de corrigir os meus erros e mudar as opiniões, porque não me envergonho de raciocinar e aprender. Alexandre Herculano

segunda-feira, 27 de julho de 2009

Patience

Cada vez me convenço mais que a minha missão nesta vida é aprender a ter paciência.
Saber escutar, saber esperar pelos momentos certos... saber viver pacientemente, sem pressas e sem expectativas. Aprender a andar de mãos dadas com a calma e a tranquilidade.
Não tem sido fácil e nem sempre o reconheci, mas se desde criança me têm sido apresentados autênticos puzzles, então talvez seja a hora de assumir essa velha impaciência como uma lição de vida a ultrapassar.
Era mais fácil deitar a culpa aos outros ou à má sorte em geral; era mais fácil reclamar e baixar os braços. Era! Mas hoje rendo-me às evidências, assumo a minha luta e faço por me elevar.
O meu maior obstáculo é a forma apaixonada como lido com tudo na minha vida, a intensidade que coloco em todos os momentos.
O equilíbrio é a peça fundamental neste puzzle.


"Seek Patience
and Passion
in equal amounts

Pacience alone
will not build the temple

Passion alone
will destroy its walls"

Maya Angelou

16 comentários:

Hod disse...

Aloha Marise,

De todos os atributos ou virtudes, apasciência é a que exige mair grau de perseverança para ser desenvolvida. E parabéns que vc está conseguindo...

Tem um presente dourado para vc lá no Olhar de Carpe Diem, porque amanhã 28.7,

vou dar um Upgrade na minha Idade. Vou colocar 1 Terabyte de Pura Vida nela. Combustível suficiente para estar com vc aqui nos próximos 365 dias.....

Muitas bençãos, Aloha!!
Hod.

Essencialma disse...

Olá...
Vê-se mesmo que és a borboleta ideal para voar comigo...
As mesmas lições a aprender...paciência é totalmente o que tenho tido de aprender...ufa...e como! Aceitar que a vida tem o seu próprio ritmo, e que não anda à velocidade da nossa ansiedade!

Beijinhos cheios de luz e esperança

Marise Catrine disse...

Hod,

Que carinho nessas palavras. Muito obrigada!! Que esse combustível nos una por muito mais tempo ;)
(gostei do termo upgrade na Idade - hihihi)

Bem haja!
***

Marise Catrine disse...

hELLO, borboletinha!!!
Ai a ansiedade... bem mostrei aqui como sofro com ela. É bom encontrar alguém que trava as mesmas lutas, acho que nos dá mais força... ajuda-nos a continuar.
Muito grata por te ter encontrado.
(mas não há coincidências mesmo).

Beijocas

António Rosa, José disse...

Marise,

Ai, a paciência!

Com estes dias de calor, é tão difícil.

Beijo

Shin Tau disse...

Amiga,

quando li Maya Angelou até me bieram as lágrimas aos olhos. (reparei que troquei as teclas, mas vou deixar ficar, pois saiu bem ;)

Eis o passo que sabia que estavas pronta para dar, afinal chegaste bem rápido onde querias ;p

A impaciência é tramada, para uma carneiro como eu então, estás a ver, eu quero e quero agora, qual esperar, qual quê!

Mas há alturas em que enfim...temos mesmo de esperar, nem sempre consigo estar na paz, por exemplo, assim que começar a chegar o meio de Agosto, começam a rebentar borbulhas no queixo, os humores a variar...enfim...até que percebo e medito mais do que o normal e lá consigo aguentar, mas é violento. POrém, é possíovel, pois se eu que sou impaciente por natureza consigo, todos conseguem ;d

Amiga, adorei o teu texto e mais uma vez é um espelho para mim. Adoro a forma determinada com que estás a atingir a vida. Assim, acredita chegarás lá e rapidamente.

Adoro-te e sinto-me uma sortuda por te ter reencontrado

Beijões

Marise Catrine disse...

Ai António,

Com calor ou sem calor eu sou uma impertinente em constantes batalhas. ;)
MAs estou a chegar lá. (Já era sem tempo)

Beijocas

Marise Catrine disse...

Shinita my love,

Bieram as lágrimas e beio-me uma gargalhada sonora com essa introdução. :D

Amiga, como é duro esperar tanto tempo para juntar as peças e depois não sair tudo logo à primeira. MAs eu tenho esperança, e também por isso me agarro com unhas e dentes a este blogue. Pois ajuda-me a reflectir... tanto com a minha abertura, como a vossa.
E quantas vezes penso como este nosso reencontro foi tão bom e veio em tão boa hora.
Tem sido fabulástico.
Adoro-te.
*

costela de adão disse...

Amiga, a paciência é algo que muito de nós tentamos alcançar. Ansiamos demais, esperneamos demais, suspiramos demais. Há que dar tempo ao tempo e às coisas. Mas às vezes é difícil e salta uma tampita. Mas com calma e paciência (hi hi)havemos de chegar lá. Bjks saudosas

Marise Catrine disse...

Querida amiga,

Autênticas gincanas! A questão são as expectativas que coloco e a ansiedade com que fico. É o querer aqui e agora, como falava a Shin Tau. São as pressas e a falta de tranquilidade.
"Mas com calma e paciência havemos de lá chegar" ;)

***

IdoMind disse...

The Brise, linda The Brise

distinguir o tempo de agir do tempo de esperar é uma tarefa árdua e incerta.
Para mim resulta acreditar que seja qual a opção que tome, o universo se encarregará de me mostrar que acertei ou que devo fazer uma nova opção.

Que nunca confundas impaciência com falta de fé...Acredita. Sobretudo no teu bom julgamento e aje ou espera conforme o teu coração pedir.

beijos meu doce

Marise Catrine disse...

IdoMind!!!!

Que presença tão refrescante! ;)
(Isso é "mal" de família. Mulheres frescas e iluminadas)
Percebi a mensagem. Acreditar...sempre!
Obrigada minha linda.

****quinhas

Hugo disse...

Maya Angelou só me lembra a Esmeralda, não me perguntem pq!
Tu até és paciente... não esperaste para ver outra foto minha? Custou, mas elas estão a sair. Tu orienta-te ou ainda te faço uma visita e já sabes o que tens a fazer... Tirar a roupita toda!!!

Marise Catrine disse...

Amigooooo,

Vês como eu não tenho paciência nenhuma. :S
É verdade, Esmeralda... Esmeralda, super baton e muitos pelinhos à mistura :D
Velhos tempos
Espero por essa visita há décadas!

Hugo disse...

Agora que estou oficialmente desempregado, já posso fazer a visita. Parece-te bem?

Marise Catrine disse...

BOA! (quer dizer, menos a parte do desempregado mas tudo se há-de resolver)

E quando vai ser isso?