Recortes

Eu não me envergonho de corrigir os meus erros e mudar as opiniões, porque não me envergonho de raciocinar e aprender. Alexandre Herculano

sexta-feira, 13 de fevereiro de 2009

Bem, antes que alguém me venha apedrejar devo salvaguardar, e isto em relação ao post anterior, que também tenho conhecido pessoas espectaculares e muito profissionais aqui. A prova provadinha é que com tanto macho latino nas minhas bandas, vim logo enamorar-me (gosto deste termo) por um destas belas paragens. Há pessoas boas e más em todo o lado. Refiro-me obviamente a um grupo específico. Também me tem faltado alguma sorte nesta área.
Alí para os lados de Braga e Porto existem algumas alminhas nota 10. Seria injusto para elas não deixar isso bem claro. ;)

1 comentário:

ana disse...

Acredito que sim. Não se pode generalizar. Até porque dizem que as pessoas do nuorte são mais amistosas, calorosas e simpáticas. Mas como em tudo na vida, e em todo o lado, encontramos gente de toda a forma e feitio. Se calhar saíu-te uma daquelas favas de bolo-rei em que o sítio onde passas mais tempo está cheio de mau feitio e cinzentismo...